Postado em 21 de junho, por NOMAD

Investimentos

Bacen: o que é e como funciona o Banco Central do Brasil? Descubra!

O funcionamento da economia de um país depende de diferentes órgãos, que tomam decisões e colocam estratégias em prática. Para implementar medidas nesse sentido, o Brasil conta com o Bacen — que é o banco central do país.

Na prática, a instituição desempenha funções relevantes em relação à moeda, aos indicadores econômicos e ao sistema financeiro. Por isso, vale a pena entender quais são as atribuições do Bacen e como ele pode impactar o seu cotidiano.

Quer descobrir o que faz o Bacen e como ele atua na economia? Continue a leitura e saiba mais!

O que é o Bacen?

O Banco Central do Brasil (Bacen) é uma autarquia brasileira que atua na definição e regulamentação da política monetária e cambial do país. Ele é, portanto, uma das instituições mais importantes para a economia brasileira, sendo parte do Ministério da Economia.

Em relação à história do Bacen, a sua criação aconteceu em 1964, com início das operações em 1965. Porém, durante 20 anos, a instituição não teve tanta autonomia para agir, já que a maior parte das funções estava concentrada no Banco do Brasil.

Em 1988, com a criação da Constituição Federal, foram delimitados os papéis das diferentes instituições do sistema financeiro brasileiro. Com isso, o Bacen começou a receber mais responsabilidades.

A partir desse período, o Bacen passou a atuar de maneira independente e sem subordinação a qualquer órgão público. Dessa forma, ele tem autonomia para implementar as medidas necessárias para fiscalizar, regular e direcionar o mercado financeiro.

Outros países também têm banco central?

Agora que você sabe o que é o Bacen, é importante entender que esse tipo de instituição não é uma exclusividade do Brasil. Na verdade, todos os países têm o próprio banco central, que fica responsável por tomar decisões referentes ao cenário econômico.

No entanto, as instituições de cada país atuam de forma específica, de acordo com as necessidades de cada economia e com as políticas definidas para o local. Ainda, cada banco central tem um nível de independência para tomar decisões.

Nos Estados Unidos, por exemplo, o banco central é o Federal Reserve (Fed). A instituição é considerada a mais importante da economia mundial, devido aos impactos que suas decisões exercem em outros mercados.

Quais são as principais funções de um banco central?

Até aqui você viu o que é o Bacen e soube que os demais países também têm o próprio banco central. Agora vale a pena entender quais são as principais funções dele. No geral, o propósito dessa instituição é estabilizar o mercado financeiro, criando um sistema seguro e confiável.

Assim, as decisões do Bacen impactam o cenário econômico. Por isso, ele costuma tomar medidas para estimular ou proteger a economia do Brasil — e o Fed faz o mesmo nos Estados Unidos, por exemplo. Para que isso seja possível, existem algumas funções que se destacam.

A seguir, entenda quais são as principais responsabilidades de um banco central e veja como ele deve agir!

Controle da inflação

Uma das funções mais importantes de qualquer banco central inclui o manejo da inflação. Logo, o Bacen estipula uma meta de inflação no Brasil a cada ano, com limites de tolerância. A partir disso, a instituição toma decisões com o objetivo de manter a inflação dentro desses valores.

Uma das medidas mais comuns envolve a definição da Selic, que é a taxa básica de juros. Ela é definida pelo Comitê de Política Monetária (Copom), do Bacen, que se reúne a cada 45 dias para decidir pelo aumento, queda ou manutenção da taxa.

Vale notar que a medida interfere no resultado do Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), representante oficial da inflação, mas também afeta o crescimento do Produto Interno Bruto (PIB). Afinal, juros mais elevados dificultam o acesso ao crédito e podem gerar contração econômica. 

No caso dos Estados Unidos, a intervenção é semelhante. Nesse país, ocorre a reunião do Federal Open Market Committee (FOMC). O grupo também decide pelo aumento ou pela queda dos juros, segundo o cenário de inflação.

Emissão monetária

Outra responsabilidade do banco central costuma ser a emissão da moeda do país. Essa atividade exige controle, em especial, por dois motivos. O primeiro é para garantir que as cédulas atendam a todos os parâmetros de qualidade e segurança, evitando falsificações.

Além disso, a emissão excessiva de moeda pode provocar um aumento da inflação. Logo, o processo é definido de acordo com as políticas previamente estabelecidas pelo próprio banco central.

No Brasil, a emissão é feita pela Casa da Moeda, enquanto nos Estados Unidos ela é de responsabilidade do Bureau of Engraving and Printing (BEP).

Execução da política cambial

Entre as funções do banco central também estão a definição, aplicação e controle da política cambial. Um aspecto importante desse cenário no Bacen é o manejo das reservas internacionais. Elas consistem em um montante em moeda estrangeira, como o dólar

O objetivo dessas reservas é proteger o real diante de oscilações cambiais. Com o estoque de moeda estrangeira, o Bacen pode vender ou comprar dólares, de modo a manejar a flutuação do câmbio no país.

Ainda, cabe à instituição controlar as operações de câmbio realizadas no ambiente nacional, como a saída e a entrada de divisas em outras moedas. Assim, é possível manter a segurança e a integridade do sistema financeiro.

Divulgação de informações

Além da tomada de decisão, o banco central costuma divulgar informações relevantes sobre o mercado financeiro. Nesse sentido, o Bacen elabora o boletim Focus, um relatório semanal que apresenta as previsões para os indicadores financeiros do Brasil.

De modo parecido, o Fed, dos Estados Unidos, tem uma área exclusiva para a divulgação de dados e pesquisas distintas. Assim, o mercado pode utilizar as informações para fazer projeções e tomar decisões econômicas, por exemplo.

Vale notar que essas atividades que você viu aqui são as mais frequentes dos bancos centrais. Porém, o banco central de cada país também tem outras funções, que atendem de maneira específica aos mercados internos.

Agora você sabe que o Bacen desempenha funções essenciais para a economia do Brasil. Além disso, você descobriu que cada país tem o próprio banco central — o que ajuda a demonstrar a relevância dessa instituição em todo o mundo!


Serviços intermediados por FRAM Capital DTVM S.A.

O conteúdo disponibilizado neste artigo não constitui ou deve ser considerado como conselho, recomendação, oferta ou solicitação de quaisquer produtos ou serviços pela Nomad. Este material tem caráter exclusivamente informativo. Para saber mais, acesse https://nomadglobal.com/legal/


CONHEÇA NOSSAS MÍDIAS SOCIAIS


© 2022 NOMAD. TODOS OS DIREITOS RESERVADOS.

Juntos com a Nomad

Synapse Drive Wealth logo ourinvest logo fram capital