Postado em 22 de dezembro, por NOMAD

Viagens

Brasileiros no exterior: retomada das viagens e dicas sobre segurança

Após dois anos de retração no turismo como um todo, o avanço da vacinação contra a Covid-19 trouxe de volta os planos daquela tão desejada viagem internacional. Hoje, já vemos muitos brasileiros no exterior, seja para turismo ou moradia permanente, e tantos outros planejando explorar novos destinos em breve.

Se você está no grupo dos que estão planejando a próxima viagem, saiba que a imunização já abre portas para diversos destinos ao redor do mundo. Países como Estados Unidos, Uruguai, Argentina, Reino Unido, França, Espanha e tantos outros estão com as fronteiras abertas para brasileiros, basta comprovar a imunização completa contra a Covid-19. 

Maioria dos brasileiros quer viajar 

As restrições da pandemia e isolamento social influenciaram diversas mudanças comportamentais, de compras a viagens. De acordo com pesquisa da Wise, divulgada em setembro, os brasileiros agora têm mais vontade de viajar para fora do que antes.

Segundo a pesquisa, mais de 60% dos brasileiros sentem mais vontade de viajar para o exterior, enquanto quase 30% planejam realizar uma viagem internacional em até seis meses.

Além disso, dados da Associação Brasileira das Empresas Aéreas (Abear) comprovam o aumento de brasileiros no exterior: no mês de setembro, a média diária de voos foi de 74,6% em relação ao nível antes da pandemia. No geral, a expectativa do setor é fechar 2021 com perto de 70% do faturamento de 2019.

Gastos também aumentam

Muitos brasileiros gostam de viajar para fora para fazer compras. Os shoppers buscam nas lojas internacionais melhores preços e uma variedade maior de produtos, assim como lançamentos que ainda não chegaram no Brasil.

O retorno das viagens internacionais, portanto, também anima aqueles que viajam para comprar de fora. Prova disso é o aumento registrado em novembro de gastos de brasileiros no exterior. 

Segundo o Banco Central, o total foi de US$ 618 milhões. Para se ter uma ideia, o aumento foi de 88% em relação a 2020, quando as despesas ficaram em US$ 329 milhões.

Destinos mais procurados 

Em relação aos lugares mais cobiçados por brasileiros no exterior, atualmente se sobressaem os destinos com menos restrições e abertos para brasileiros, como Dubai, México e Maldivas. 

Contudo, com as festas de fim de ano, a procura por viagens internacionais se expandiu ainda mais. Segundo levantamento feito com base nas pesquisas de usuários do KAYAK, metabuscador de viagens, os voos mais procurados nesse período foram: Lisboa, Buenos Aires, Cancún, Miami, Paris, Orlando, Santiago, Nova York, Madrid e Montevideo. 

Número de brasileiros no exterior não para de crescer

Em busca de melhores oportunidades e mais prosperidade, o número de brasileiros no exterior não para de crescer. Segundo dados de 2020 do Itamaraty, mais de 4,2 milhões vivem fora do país. Em comparação aos dados anteriores, de 2018, houve um aumento de 16%. Em 10 anos, o aumento foi de 36%.

Entre os cinco países com mais brasileiros, estão os Estados Unidos, com 1,7 milhão; Portugal, com 276 mil; o Paraguai, com 240 mil; o Reino Unido, com 220 mil; e o Japão, com 211 mil brasileiros. 

Como viajar com mais segurança

Além da vacina, outro assunto importante que deve constar na sua checklist da viagem é o dólar. Muitos brasileiros no exterior usam a moeda em espécie em suas compras, mas essa não é a opção mais segura — tampouco a mais barata. 

Para ter mais segurança nas suas viagens, abrir uma conta em dólar é a melhor opção. Com ela, você dispensa o uso da moeda em espécie e paga por suas compras internacionais com um cartão de débito. 

Na Nomad, você ainda pode escolher entre utilizar o cartão digital ou físico, o que torna as suas transações ainda mais práticas. Além disso, o cartão da Nomad não tem mensalidade ou custo de manutenção e pode ser utilizado em 19 países além dos EUA.

Economize nas suas compras

Com uma conta em dólar, os brasileiros no exterior ainda têm acesso à cotação do dólar comercial, mais barata do que a do turismo

Na Nomad, a compra da moeda é feita pelo próprio aplicativo e com as melhores taxas do mercado. Você só precisa arcar com um IOF de 1,1% – lembrando que o imposto do cartão de crédito é 6,38% – e spread (taxa de serviço) de 2%. 

Em comparação com as compras feitas no crédito em outras instituições financeiras, os brasileiros no exterior que utilizam a conta Nomad conseguem economizar até 10% nas compras. A conta em dólar, portanto, traz mais segurança, praticidade e economia para as suas viagens.

Parceria Nomad+Decolar

Para você ter ainda mais vantagens na sua viagem internacional, a Nomad se uniu à Decolar em um programa de pontos que podem virar passagens aéreas, hospedagens e mais pontos turísticos para você visitar.

O programa para brasileiros no exterior funciona de uma maneira muito simples: a cada US$ 1 enviado do Brasil para a sua conta Nomad, você ganha 1 ponto no programa de fidelidade da Decolar. Agora ficou ainda mais fácil ver brasileiros no exterior aproveitando o melhor das viagens internacionais.


CONHEÇA NOSSAS MÍDIAS SOCIAIS


© 2022 NOMAD. TODOS OS DIREITOS RESERVADOS.

Juntos com a Nomad

Synapse Drive Wealth logo ourinvest logo fram capital