Postado em 23 de abril, por NOMAD

Investimentos

As 10 principais estratégias de investimento do mercado financeiro

É comum que iniciantes na Bolsa tenham curiosidade em descobrir quais são as principais estratégias de investimento utilizadas no mercado financeiro. Isso, tanto para ter inspiração para começar a sua jornada como investidor como para ficar por dentro das melhores e mais comuns práticas do mercado.

Apesar de não existir uma estratégia perfeita, é muito importante conhecer as principais estratégias de investimento para descobrir qual delas faz mais sentido para seu perfil de investidor e seus objetivos. 

Neste artigo, vamos explicar um pouco mais sobre as principais estratégias do mercado financeiro e como elas podem te ajudar nos seus investimentos. Confira.

1. Análise fundamentalista

A análise fundamentalista aparece na lista de estratégias de investimento tendo por objetivo medir o valor intrínseco de um título. Em outras palavras, ela tenta descobrir o valor justo de uma empresa. Para isso, ela examina, por exemplo, os fatores econômicos e financeiros relacionados aos ativos.

Além de observar os números da empresa e do setor do qual ela faz parte, a analista fundamentalista também faz uma avaliação de aspectos qualitativos do negócio. Isso, para avaliar fatores como vantagens competitivas, modelo de negócio, histórico dos gestores, dentre outros.

2. Top-down

A estratégia top-down é uma abordagem de análise fundamentalista que, antes de  examinar fatores micro (como setores específicos ou empresas), se concentra em fatores macro da economia; como PIB e taxa de desemprego, dentre outros.

3. Bottom-up

Outra abordagem da análise fundamentalista, a estratégia bottom-up se concentra na análise de ações individuais, dando uma importância menor a fatores como os ciclos macroeconômicos e de mercado.

4. Value investing

O value investing é uma das estratégias de investimento mais conhecida no mercado. Nela, o investidor busca empresas baratas em setores promissores. O objetivo é encontrar negócios com vantagens competitivas duradouras sobre concorrentes dentro de um longo horizonte de investimento.

A ideia central é comprar ações que estejam sendo negociadas abaixo do seu valor intrínseco para diminuir os riscos. Isso porque, na visão de quem defende essa estratégia, as ações são frequentemente negociadas a preços que não refletem seu real valor.

5. Growth investing

Growth investing, também conhecida como investimento em crescimento, é uma estratégia de investimento focada, especialmente, em aumentar de forma exponencial o capital de um investidor.

A ideia central da estratégia é selecionar empresas que tenham grande capacidade de crescimento, aumentando receitas, lucros e número de clientes. Consequentemente, isso acaba se traduzindo na valorização substancial do preço das ações no futuro.

6. Buy and hold

Buy and hold é a sexta entre as estratégias de investimento da lista. Nela, um investidor compra ações (ou outros tipos de títulos, como ETFs) e as mantém por um longo período, independentemente das flutuações de preço no mercado.

O ponto central da estratégia buy and hold é conseguir selecionar boas empresas, que tendem a apresentar bons retornos durante muitos anos. Por isso, para os holders. o investimento em uma ação consiste em assumir, de fato, a condição de sócio daquele negócio.

7. Análise quantitativa

A análise quantitativa, também conhecida como quantitative analysis, é outra que entra na lista das principais estratégias de investimento. Ela usa modelos matemáticos e de estatística para entender o comportamento de preços e valores de ações e títulos.

Em geral, os investidores que fazem a análise quantitativa utilizam os principais índices financeiros e dados estatísticos em seu processo de tomada de decisão de investimento.

8. Análise técnica

A análise técnica consiste no estudo do movimento de preços de ativos do mercado financeiro. Isso é feito por meio de representações gráficas e durante um determinado período de tempo.

O objetivo da análise técnica é entender a movimentação dos preços por meio dos gráficos, tentando observar, entre outros aspectos: os padrões de comportamento dos investidores; a oferta e demanda dos ativos; e a interferência do volume de negociação.

9. Swing trade

Swing trade é uma estratégia de investimento que tenta capturar os ganhos de uma ação (ou qualquer outro instrumento financeiro) em um horizonte de curto a médio prazo. O período pode variar de alguns dias a várias semanas, por exemplo.

A ideia central  da estratégia é realizar operações de compra ou venda de um ativo que tenham duração superior a uma sessão de negociação; ou seja, a operação deve durar pelo menos mais de um dia.

10. Tape reading

O tape reading, em tradução livre “leitura de fita”, é uma técnica antiga utilizada pelos operadores do mercado financeiro (também conhecidos como traders) para analisar o preço e o volume de uma determinada ação no curto prazo.

Em resumo, o tape reading  é uma estratégia voltada para investidores que operam no curto prazo. Especialmente os day traders, que têm por objetivo identificar pontos de suporte e resistência, além da direção de movimento de preços, com base no fluxo de ordens de compra e venda.

Agora que você conhece um pouco mais sobre as principais estratégias de investimento, continue ligado nas postagens do blog da Nomad para se aprofundar no mercado financeiro!


Serviços intermediados por FRAM Capital DTVM S.A.

O conteúdo disponibilizado neste artigo não constitui ou deve ser considerado como conselho, recomendação, oferta ou solicitação de quaisquer produtos ou serviços pela Nomad. Este material tem caráter exclusivamente informativo. Para saber mais, acesse https://nomadglobal.com/legal/


CONHEÇA NOSSAS MÍDIAS SOCIAIS


© 2022 NOMAD. TODOS OS DIREITOS RESERVADOS.

Juntos com a Nomad

Synapse Drive Wealth logo ourinvest logo fram capital