Postado em 19 de maio, por NOMAD

Viagens

Roland Garros: confira o guia completo para aproveitar o torneio

Torre Eiffel, Champs-Élysées, Louvre, Versailles… Quem vai para a Paris conta com um dos roteiros mais emblemáticos do turismo internacional, além de uma gastronomia inesquecível. Mas quando o assunto é tênis, o país mantém o seu destaque com o torneio de Roland Garros.

Iniciado no último dia 16 e com sua final marcada para 5 junho, os principais nomes do esporte vão se reunir nas quadras de saibro do Stade Roland Garros. O torneio também é conhecido como Aberto da França e faz parte dos quatro mais importantes do mundo, que ganham o nome de Grand Slam.

Rafael Nadal, Stefanos Tsitsipas, Carlos Alcaraz, Novak Djokovic, Simona Halep são nomes que você não pode perder. Mas já pensou em acompanhar a disputa lá das quadras? 

Preparamos um roteiro de viagem completo com tudo o que você precisa saber para vibrar com a edição de 2022.

O torneio Roland Garros

Apesar de os jogos terem início no dia 16 de maio, os primeiros dias das classificatórias acontecem a partir de 22. Nesse momento, os principais atletas disputam os individuais e duplas nas categorias feminino, masculino e cadeirante. O torneio também conta com as disputas do público juvenil.

Roland Garros se tornou internacional em 1925 e hoje figura entre os quatro Grand Slam anuais do esporte, junto com o Aberto da Austrália e dos Estados Unidos, além do torneio de Wimbledon (Inglaterra). 

As principais partidas do torneio em Paris acontecem entre as quadras Philippe-Chatrier, Simonne-Mathieu e Suzanne-Lenglen, mas o espaço também possui outras quadras anexas.

A disputa acontece em quadra de saibro, que faz com que a bola tenha uma velocidade reduzida e aumente a utilização do fundo das quadras. As partidas podem chegar a ter mais de seis horas de duração e são divididas entre o melhor de cinco ou três sets, dependendo da categoria.

Ingressos para Roland Garros

Os ingressos são vendidos diretamente no site oficial do torneio e são bem concorridos. No ano passado, devido à pandemia, as arquibancadas tiveram redução da capacidade para se enquadrar às normas de distanciamento. Além do modelo padrão (dia e noite), existem combos para mais horários e pacotes especiais, com refeições e bebidas inclusas.

Você pode escolher entre as diferentes quadras e categorias, além de ter diferença entre os jogos finais. Os preços das quadras principais começam em € 40 e podem passar os € 400, dependendo da categoria. São divididos entre as sessões diurnas e noturnas, sendo possível comprar um pacote para o dia todo ou combinar entre diferentes sessões e dias.

E você pode aproveitar para economizar até 10% com a compra dos ingressos online para Roland Garros. A França é um dos destinos em que você utiliza o seu cartão Nomad em compras em lojas físicas ou virtuais. 

Rafael Nadal e Roland Garros

O espanhol Rafael Nadal é um dos nomes mais esperados para o torneio. E não é para menos: ele é o maior vencedor do torneio na história! As 13 vitórias de Nadal no torneio (em 2005, 2006, 2007, 2008, 2010, 2011, 2012, 2013, 2014, 2017, 2018, 2019 e 2020), inclusive, renderam uma estátua em sua homenagem no complexo de quadras em que o Grand Slam é realizado. 

No total, Nadal foi o ganhador de 21 troféus Majors (por Grand Slams) até hoje, sendo o último conquistado no Aberto da Austrália, ainda em 2022. Após uma fratura na costela, havia o receio de ele não conseguir ir a Paris, mas o atleta já está confirmado.

Outro nome para ficar de olho é Carlos Alcaraz. O espanhol, que tem Nadal como sua principal influência, acaba de completar 19 anos e parece estar seguindo os passos de seu ídolo. Hoje, ele é considerado a principal aposta para levar o seu primeiro troféu Major em Roland Garros.

Ainda sem um Grand Slam para chamar de seu, Carlitos já levou, somente em 2022, os abertos do Rio de Janeiro, Miami, Barcelona e Madrid. No último, inclusive, ganhou de Nadal e Djokovic (atual número 1 do mundo) em dias seguidos, conquistando o troféu na mesma semana do seu aniversário e tornando-se o atual sexto colocado no ranking da ATP.

Novak Djokovic é outro grande conhecido das quadras. Com um Grand Slam a menos que Nadal, o sérvio foi o último vencedor de Roland Garros e Wimbledon. Mesmo após toda a polêmica sobre a sua vacinação e tentativa frustrada de entrar na Austrália, no início de 2022, o atleta segue confirmado no Aberto da França, após mudanças nas condições de entrada no país. 

Exigências para entrada na França

Além dos grandes nomes do esporte, lembre-se que ainda temos certas restrições devido à Covid-19. Por isso, acompanhe o site do torneio para saber quais serão as condições dentro do espaço. 

Para entrar no país, os maiores de 18 anos devem apresentar o comprovante de esquema vacinal completo e oficial, sem a necessidade de teste de Covid. Caso não esteja vacinado ou tenha contraído a Covid-19 recentemente, confira no site da Embaixada Francesa os detalhes.

Como chegar no Stade Roland Garros

O Stade Roland Garros tem várias opções de acesso como metrô, linhas de ônibus, carro e até bike. Uma das formas mais fáceis de se locomover por Paris é por metrô, com diversas linhas e integrações pela cidade. Caso decida ir desta forma, você pode descer nas estações Michel-Ange Auteuil (linha 9) ou Porte d’Auteuil (linha 10). 

Indo de carro, fique atento às vagas ao redor do estádio, pois elas são exclusivas para os moradores locais. Por isso, você deverá procurar os estacionamentos públicos ou privados próximos ao estádio, que exigem pagamento.

Onde se hospedar para Roland Garros

Devido a facilidade de acesso, você pode aproveitar para escolher diversas regiões da cidade para se hospedar, de acordo com o seu roteiro de viagem. Paris é dividida em 20 arrondissements. Os mais procurados são as áreas localizadas entre o 1º e o 8º  arrondissements, onde estão os principais bairros turísticos. Roland Garros fica localizado no 16°.

A melhor opção é escolher entre as atrações que você quer aproveitar, além do torneio em si. O bairro Marais, por exemplo, fica no 3º e 4º arrondissement e é repleto de lojas, bares, restaurantes e feiras, abrigando os museus Pompidou e Picasso. Mas você também pode escolher entre Montmartre, Pigalle, Saint-Germain-de-Près, entre outros.

Comidas e bebidas em Roland Garros

Não podia ser diferente em uma das principais capitais da gastronomia. O complexo em que é realizado o torneio oferece diversas opções para refeições ao longo do dia. Você pode escolher entre as diferentes barracas espalhadas, comer entre os jogos e até visitar o bar lounge

No cardápio estão lanches (cachorro-quente, hambúrguer, panquecas), crepes, saladas, sobremesas, drinks e pratos mais refinados, com lagosta e ostras. Mas não se esqueça de aproveitar a cidade de Paris. Será uma tarefa árdua escolher entre tantos restaurantes e sabores que a Cidade Luz oferece. 

A cidade também é povoada pelos restaurantes estrelados do Guia Michelin. Tem opções para todos os bolsos e ocasiões. Por isso, aproveite para dar um estendida nos dias de Roland Garros e curtir o clima parisiense.


CONHEÇA NOSSAS MÍDIAS SOCIAIS


© 2022 NOMAD. TODOS OS DIREITOS RESERVADOS.

Juntos com a Nomad

Synapse Drive Wealth logo ourinvest logo fram capital