Postado em 21 de julho, por NOMAD

Nomad

Vai viajar para Europa? A Nomad te conta qual moeda utilizar!

Na hora de viajar para Europa é fundamental saber qual a moeda vigente no Velho Continente. Afinal, existem países que não pertencem à Zona do Euro e que operam com sua própria moeda.

Para evitar problemas ao viajar para Europa, a Nomad preparou um artigo para você entender qual a melhor opção em relação à moeda. 

Vale a pena viajar para a Europa em 2022?

Essa decisão depende tanto do destino como do objetivo da viagem. Contudo, é necessário considerar o impacto que a pandemia da Covid-19 teve em todo o mundo.

Isso reflete no aumento dos custos da viagem e algumas condições especiais para ingressar no país, como o esquema de vacinação completo e os períodos de quarentena após a chegada no país.

O que mudou nas viagens para Europa

Novas medidas sanitárias foram adotadas para conter o avanço da pandemia e com isso, afetaram a forma de viajar para a Europa em 2022.

As novas regras variam de acordo com o país, mas em geral envolvem a apresentação de teste PCR negativo, certificado de vacinação e quarentena após o desembarque. 

Descubra quais as vacinas para viajar para Europa são necessárias

A entrada de turistas nos paises europeus só é permitida a apresentação do comprovante de vacinação expedido no país de origem expedido pelo órgão responsável.

Porém, atente-se: nem todos países europeus aceitam o certificado de vacinação brasileiro.

Para ser válido, o Certificado de Vacinação Brasileiro deve estar traduzido para o espanhol, inglês, francês ou alemão. Ademais, os turistas brasileiros podem obter o documento digital através do Ministério da Saúde do Brasil, na versão em espanhol.

Atualmente, as vacinas para viajar para Europa aceitas são as seguintes::

  • CoronaVac;
  • Pfizer;
  • Janssen;
  • Moderna;
  • Astrazeneca;
  • CovidShield.

Além da vacina, é provável que os turistas precisem apresentar um teste de Covid-19 na chegada ao destino. Por isso, não deixe de conferir se o país que você vai visitar exige o teste negativo.

Desde o dia 07 de fevereiro de 2022, Portugal exige um teste negativo. Já a exigência não se aplica para a Espanha, por exemplo.

O que saber antes de viajar para Europa?

É altamente recomendável visitar o site da embaixada do país que você pretende viajar para obter informações atualizadas sobre como funciona o esquema de entrada de estrangeiros. 

Mesmo que não haja necessidade de brasileiros solicitaram vistos para viagens de Turismo a Europa com duração inferior a 90 dias, os viajantes precisam apresentar alguns documentos na hora do embarque: 

  • Passagem de volta: o cidadão brasileiro viajando a turismo para os países do Espaço Schengen devem apresentar a passagem de retorno com limite máximo de 90 dias;
  • Seguro viagem: os países do Espaço Schengen exigem o seguro viagem com cobertura médico-hospitalar no valor mínimo de 30 mil euros;
  • Comprovante de hospedagem: comprovante de reserva em hotel ou carta convite, caso fique hospedado em residência de familiares ou amigos;
  • Comprovante financeiro: comprovante bancário, cartão de crédito ou dinheiro com valor capaz de cobrir as despesas durante a estadia. Na França, por exemplo, é cobrado 120 euros por dia;
  • Documentos: declarações que atestem o motivo da entrada no país se é por turismo, estudo ou trabalho voluntário, por exemplo;
  • Passaporte válido: passaporte com validade superior a 3 meses após a saída do país.

3 lugares incríveis para você conhecer no velho continente

Viajar para Europa tem relativa facilidade: lá os meios de locomoção estão entre os mais eficientes do mundo e quase não se encontram dificuldades em transitar entre os países.

São centenas de cidades históricas espalhadas por todo o continente, destinos badalados e lugares inesperados cheios de charme e muita cultura.

Para te ajudar a montar o roteiro de viagem ideal, destacamos alguns destinos turísticos europeus. Confira!

Bélgica

Esse destino é muito interessante para quem busca multiculturalismo: o país sofreu influências francesas e holandesas e é, hoje, sede do Parlamento Europeu.

Quer viajar para Europa para conhecer a gastronomia? A Bélgica é destaque! Com uma base apetitosa: as batatas fritas, o chocolate, os waffles e a cerveja belga estão entre as melhores do mundo. 

Alemanha

A capital, Berlim, reflete bem o espírito do país: trata-se de uma metrópole de cultura efervescente, com mais de 100 museus espalhados pela cidade, construções antigas e gastronomia rica.

Quem gosta de história não pode deixar de conhecer os castelos da região da Baviera, com destaque para a cidade de Munique, sede da tradicional Oktoberfest, a maior festa da cerveja do mundo.

Espanha

A Espanha é um país de muitas cores e sabores, e cada região tem uma identidade bem definida, desde a efervescente capital, Madri, ao charme de Barcelona, um dos destinos mais visitados do planeta.

Os brasileiros estão em todo lugar, inclusive na Europa

Encontrar um número real de imigrantes brasileiros na Europa não é uma missão fácil. Isso porque esse número sempre será uma estimativa e não dados concretos.

Mesmo assim,o Ministério das Relações Exteriores constatou que o número de imigrantes brasileiros na Europa em 2020 foi de mais de 1,3 milhões de pessoas.

Esse levantamento demonstra que as maiores comunidades brasileiras na Europa são as seguintes: 

  • Portugal: 276.200 imigrantes brasileiros;
  • Reino Unido: 220 mil imigrantes brasileiros;
  • Itália: 161 mil imigrantes brasileiros;
  • Espanha: 157.439 imigrantes brasileiros;
  • Alemanha: 144.120 imigrantes brasileiros;

Dólar ou Euro? Qual moeda utilizar ao viajar para Europa?

O euro é uma das moedas mais importantes do continente, tendo sua vigência em boa parte da região, mas nem todos países compartilham o uso dessa moeda.

Ao definir o seu destino na Europa, é importante conferir qual moeda aquele país utiliza antes de realizar o câmbio. Vale também levar um pouco de dólar na sua viagem. Isso porque a moeda americana é a mais forte do mundo. 

Com o dólar, portanto, você ganha ainda mais mobilidade nas suas viagens internacionais.

Pague em dólar na Europa com a Conta Digital Nomad

Quem tem uma conta em dólar também pode fazer pagamentos estando na Europa. 

Aliás, depender de dinheiro em espécie para todas as transações, é bem arriscado. A conta digital global da Nomad ainda é mais barata do que utilizar o cartão de crédito.

A compra do dólar também acontece de maneira facilitada, sem que você precise perder tempo indo até uma casa de câmbio.

Segurança e facilidade – viaje com o cartão de débito Nomad

Assim, quem utiliza a conta digital global da Nomad não precisa mais arcar com a taxa de 6,38% em compras por cartão de crédito. 

Ao utilizar um cartão de débito vinculado a uma conta em dólar, você economiza muito mais nas suas compras internacionais.

Sem falar na praticidade e mobilidade. Com uma conta na Nomad, por exemplo, você consegue fazer compras com o cartão de débito em 19 países da Europa, como  França, Alemanha, Portugal, Espanha, Suécia, Suíça e Reino Unido.

Descomplique sua viagem, conte com a gente!

A Nomad é a companhia ideal para você curtir a sua viagem, a conta global!

Essa conta bancária funciona de uma maneira extremamente simples: trata-se de uma conta comum, mas cujo funcionamento é em dólar! Além disso, com a conta digital global da Nomad, você tem liberdade para receber dinheiro de qualquer lugar do mundo enquanto viajar pela Europa. Na Nomad, esses serviços são feitos através de uma única plataforma, 100% digital e gratuita.


CONHEÇA NOSSAS MÍDIAS SOCIAIS


© 2022 NOMAD. TODOS OS DIREITOS RESERVADOS.

Juntos com a Nomad

Synapse Drive Wealth logo ourinvest logo fram capital