Postado em 15 de junho, por NOMAD

Viagens

Dia do Orgulho LGBTQIA+: os destinos que celebram a diversidade

Junho é o mês em que a população de diversas cidades do mundo vai às ruas para celebrar o Dia do Orgulho LGBTQIA+ e mostrar a importância da conquista de direitos em suas vidas e comunidades. Foi devido à luta constante que, atualmente, é possível comemorar alguns avanços em termos de igualdade e respeito.

O Dia do Orgulho LGBTQIA+ surgiu para relembrar a revolução de Stonewall em Nova York (EUA), ocorrida em 28 de junho de 1969. Na ocasião, policiais usaram de violência para invadir e prender os frequentadores do bar Stonewall Inn, voltado para o público LGBTQIA+. Cansada da opressão gratuita, a comunidade presente se rebelou contra a ação, dando origem a um marco pela resistência.

Hoje, a data leva milhões de pessoas às paradas, entre membros da comunidade LGBTQIA+, apoiadores, artistas, famílias e crianças. Lojas, hotéis, escolas, restaurantes e empresas mostram o seu apoio e fortalecem a causa a cada ano, só fazendo os números das marchas crescerem.

Sendo um dos principais eventos do calendário mundial, cada vez mais turistas embarcam para conhecer as maiores paradas LGBTQIA+. Pensando nisso, que tal inserir um desses destinos na sua próxima viagem? Confira os destinos e as melhores dicas para aproveitar o mês da diversidade

Começando pela Espanha e indo até Tel Aviv, em todos os destinos indicados o cartão Nomad é aceito para compras e saques. Você só precisa abrir a sua conta, adicionar saldo sempre que precisar e pronto! Fique livre para curtir sem se preocupar com conversões, casas de câmbio ou altas taxas.

Principais paradas LGBTQIA+ pelo mundo

Madri (Espanha)

A Madrid Pride é um das maiores paradas da Europa a celebrar o Dia do Orgulho LGBTQIA+

A MADO – Madrid Pride – vem crescendo continuamente ao longo dos anos e já chegou a receber mais de 2 milhões de pessoas. O evento acontece por diversos dias, fazendo com que a cidade respire a diversidade.

O evento costuma ter início na Pedro Zerolo, lugar simbólico para a festa, e segue ao longo dos dias com corridas, oficinas culturais, shows, concursos e a parada em si. O epicentro dos dias de festa é o bairro da Chueca, tradicional por suas festas e locais LGBTQIA+ em Madri

Em 2022, a programação vai de 1º a 10 de julho, sendo os dois últimos dias reservados para a parada e a cerimônia de encerramento da Madrid Pride 2022. O caminho da marcha segue pela região da Atocha, Paseo del Prado e Plaza de Colón.

Todo o caminho que faz parte do evento é indicado para hospedagem, pois é uma área bem localizada, com museus, restaurantes e lojas. É na Chueca que a noite é mais movimentada e pode ser uma boa opção para quem quer aproveitar as baladas e bares de Madri. No Paseo del Prado, não deixe de visitar os dois principais museus: Museu Nacional del Prado e o Reina Sofia.

Onde se hospedar em Madri

  • Hotel Madrid Gran Via 25

O hotel fica a algumas quadras do Paseo del Prado, entre as principais lojas de Madri, o que facilita na hora de aproveitar as compras. Membro da rede Meliá, tem todas as facilidades com preços convidativos.

  • Petit Palace Chueca

No coração do bairro, a hospedagem oferece um clima de boutique, com infraestrutura completa. A decoração moderna e arquitetura chamam a atenção, com um estilo clean e elegante.

  • Hotel Paseo del Arte

Membro da rede Radisson, o 4 estrelas tem uma localização que privilegia a parte cultural, ficando entre os dois principais museus de Madri. Também está ao lado do Parque de El Retiro.

Restaurantes em Madri para experimentar

  • Flor y Nata

O café fica dentro do hotel Rosewood Villa Magna, algumas quadras antes da avenida Paseo del Prado. A caminhada curta vale para abrir o dia de eventos, com doces da gastronomia francesa. 

  • 100 montaditos

A rede é um clássico na Espanha. São vários pontos pela cidade para pedir uma cerveja e um sanduíche. Local obrigatório no roteiro de qualquer turista pelo país. Ótimo para um lanche rápido.

  • La Rita

Na Chueca, a opção oferece um cardápio focado na simplicidade e, ao mesmo tempo, no requinte, utilizando ingredientes sazonais nos pratos. Um coringa para um jantar despretensioso. 

São Paulo (Brasil)

A Avenida Paulista se enfeita em junho, mês que acontece Dia do Orgulho LGBTQIA+

A parada LGBTQIA+ de São Paulo é a principal referência do cenário mundial, já que somos a maior, chegando a reunir mais de 4 milhões de pessoas em um único ano. A 26ª edição chega com o tema “Vote com orgulho – por uma política que representa” no próximo domingo, dia 19. 

O trajeto é bem clássico pela metrópole, começando pela Avenida Paulista e descendo a Rua da Consolação, com destino ao centro. Em 2022, após o hiato de dois anos nas ruas, devido à pandemia, a organização espera um recorde:, com 5 milhões de pessoas e a movimentação de cerca de R$ 260 milhões em São Paulo.

A Av. Paulista é um dos pólos com os melhores restaurantes e hotéis da cidade. Uma ótima opção é ficar localizado próximo às estações do metrô – Paraíso, Brigadeiro, Trianon-Masp e Consolação -, o que ajuda a circulação para diferentes áreas. No domingo, 19, o mais indicado é fazer tudo próximo à avenida, aproveitando ao máximo a marcha e evitando o trânsito.

Onde se hospedar em São Paulo

  • Meliá Paulista

No fim da Avenida Paulista, o Meliá fica ao lado da estação Consolação do metrô e com fácil acesso ao Jardins, bairro com lojas e restaurantes de alto nível. O hotel conta com um cardápio internacional para suas refeições.

  • Rosewood São Paulo

Para quem quer viver uma experiência com muito requinte, o recém-inaugurado hotel é a indicação perfeita. A poucos metros da Paulista, a proposta é unir arquitetura, qualidade de vida, arte e gastronomia do mais alto padrão em um único quarteirão.

  • L’Hotel Porto Bay

Um 5 estrelas próximo à estação Trianon-Masp. Possui 84 apartamentos, restaurante e SPA, entre outras facilidades.

Restaurantes em São Paulo para experimentar

  • Riviera Bar e Restaurante

Assim que a Avenida Paulista termina, você já vai ver o letreiro luminoso e o tradicional restaurante aberto na década de 1940. O menu é variado e para todas as refeições do dia, passando do café da manhã ao fim da noite. Prove a lasanha de aspargos!  

  • Pirajá

O clássico botequim brasileiro com um tom de gastrobar oferece diversos petiscos, pratos clássicos da cozinha nacional, caipirinhas que fogem do comum e chopp gelado. Peça o tradicional Picadinho à moda do Leblon.

  • Seen

A uma quadra da Paulista e no 23º andar do hotel Tivoli Mofarrej, o bar e restaurante é indicado para quem quer jantar com uma das melhores vistas de São Paulo. Os drinks autorais são a pedida perfeita antes de experimentar o Wagyu laminado. 

San Francisco (EUA)

Conhecida por ser uma das cidades com a maior comunidade LGBTQIA+ do mundo. Diversos programas de TV e séries de diversidade são ambientados por aqui, como os shows Looking e Crônicas de São Francisco.

O que começou nos anos 1970 com apenas 30 pessoas marchando, hoje chega a mais de 2 milhões nas ruas e mais de 200 alegorias na San Francisco Pride.

O trajeto começa na manhã de domingo, 26 de junho, descendo a Market Street, na altura de Embarcadero, até o Civic Center. Uma das possibilidades para ficar bem localizado é na região de Union Square, que fica ao lado da rua principal da parada e é repleta de hotéis, lojas e bons restaurantes.

Para aproveitar a viagem, não deixe de conhecer os principais pontos turísticos: 

  • Lombard Street;
  • Ponte Golden Gate;
  • Pier 39; 
  • Ilha de Alcatraz;
  • San Francisco Museum of Modern Art (SFMOMA);
  • Chinatown;
  • Palace of Fine Art;
  • The Walt Disney Family Museum;
  • GLBT Historical Society Museum.

No mesmo dia da parada de São Francisco, a NYC Pride March 2022 também vai às ruas na sua 53ª edição, caminhando pela 5th e 7th avenidas e passando em frente ao monumento de Stonewall. É a maior parada LGBTQIA+ dos EUA, já tendo superado 4 milhões de pessoas nos anos anteriores.

Onde se hospedar em San Francisco

  • Grand Hyatt San Francisco

Localizado no coração da cidade, possui uma instalação moderna e sofisticada, ao lado da Union Square. O café da manhã é muito completo e com refeições que contemplam ingredientes frescos e sazonais.

  • Hilton San Francisco Union Square

O skybar mais alto de São Francisco está aqui, fazendo com que a estadia seja ainda mais especial. Está a apenas dois quarteirões da Union Square e do shopping Westfield. 

  • The Westin St. Francis

Em uma construção de 1904, o hotel combina a elegância do começo do século passado com a modernidade dos dias atuais. Os bondinhos passam bem em frente e é um passeio imperdível.

Restaurantes em San Francisco para experimentar 

  • Boudin Bakery

A tradicional padaria oferece variedade em lanches rápidos ou refeições completas. Conta com um bistrô onde é possível pedir a famosa clam chowder (sopa de frutos do mar).

  • In-N-Out Burger

Não fica tão próximo à Market Street, mas vale muito a visita. A famosa rede de hambúrgueres da Califórnia virou uma febre e traz um dos lanches mais gostosos dos EUA. Não deixe de montar um combo com batatas.

  • Tony’s Pizza Napoletana

Outro restaurante que vale ir direto dos eventos, de táxi ou Uber. É a pizza mais famosa de São Francisco e o chef já foi eleito por diversas vezes o melhor pizzaiolo do mundo.

Amsterdam (Holanda)

As celebrações do Dia do Orgulho LGBTQIA+ acontecem a partir de julho em Amsterdam

Que tal mostrar o seu orgulho navegando? Isso mesmo! A Pride Amsterdam acontece desde 1996 pelos canais da capital holandesa, com diversas embarcações como alegorias.

Neste ano, o evento acontece de 30 de julho a 7 de agosto, com uma programação extensa que inclui shows, festivais e atividades artísticas – que passam pelos parques e praças.

A programação tem abertura com uma Marcha do Orgulho no dia 30/7, chamando atenção para a situação internacional de pessoas LGBTQIA+ onde a homossexualidade ainda é considerada crime. No dia 7/8, a Canal Parade sai do cais de Oosterdok e vai até Westerdok, a partir das 12h. 

Amsterdam é um local para se conhecer caminhando ou de bicicleta, principal meio de transporte por lá. Não é difícil estar bem localizado ou chegar bem rápido aos pontos. Com várias feiras de rua, é a sua oportunidade de provar um stroopwafel feito na hora. 

Não deixe de fazer um passeio de barco pelos canais nos dias mais tranquilos.

Onde se hospedar em Amsterdam

  • Hotel TwentySeven

Se quiser viver uma experiência de extremo requinte, este hotel-boutique tem o mais alto nível e está de frente para o Palácio Real. Todo o design é impecável e é uma das experiências mais exclusivas do país. 

  • NH Collection Amsterdam Barbizon Palace

Fica em frente à estação central, o que facilita a circulação para todas as áreas e aeroporto. Os quartos são espaçosos e ainda oferecem algumas opções germinadas para famílias. Conta com o Vermeer, restaurante com estrela Michelin.

  • Kimpton de Witt Amsterdam

O hotel é super contemporâneo, prezando pela simplicidade dos ambientes e modernidade. O letreiro em neon do bar de drinks é inconfundível e é impossível sair sem se sentar no balcão e pedir uma dica ao bartender. 

Restaurantes em Amsterdam para experimentar

  • Klein Breda

O cardápio é sazonal e sempre traz inovações. O espaço é super descolado e o menu para almoço e jantar navega pelas cozinhas italiana, latina, francesa, entre outras.

  • HappyHappyJoyJoy

São quatro unidades cheias de vida e cores. No cardápio, uma viagem pela Ásia, com bolinhos, baos, macarrão frito, curry, pato e muito mais. Dá para pedir diversas porções e ir provando de tudo um pouco. É muito divertido!

  • Febo

A rede holandesa tem vários pontos espalhados e vende os lanches mais tradicionais. Dá para inovar com um croquete de vitela ou ir para um lado mais tradicional com hambúrguer. É só entrar, escolher nas minivitrines e sair com o seu lanche. 

Toronto (Canadá)

A Pride Toronto é um dos destinos indicados para celebrar o Dia do Orgulho LGBTQIA+

Desde 1981, a Pride Toronto acontece em um dos países mais evoluídos quando o assunto é o respeito à igualdade e à diversidade. E o evento tem grande destaque no calendário nacional, chegando a acontecer durante um mês inteiro. 

Em 2022 as festividades estão acontecendo durante todo o mês de junho, com a parada no dia 26, mesma data de São Francisco e NY. São vários eventos ao longo do mês, entre festas, festivais, shows, feiras e marchas para pessoas trans e lésbicas.  

Ao todo, mais de 300 artistas se apresentam e entre os nomes estão a House Miyake-Mugler, casa de voguing vencedora da 2ª edição do reality Legendary (HBO); e Symone, vencedora da 13ª temporada de RuPaul’s Drag Race USA.

A 41ª edição tem início entre a Bloor e Church Street, seguindo pela Yonge Street. A organização também adota uma política sustentável, adotando medidas para atingir um festival de lixo zero.

Um detalhe é que o país tem uma parada 2SLGBTQIA+, com o “2S” se referindo aos “dois espíritos”, que faz referência aos povos tradicionais norte-americanos e à binaridade masculina e feminina de seus espíritos, que habitam o mesmo corpo. 

Onde se hospedar em Toronto

  • Chelsea Hotel Toronto

O maior hotel do Canadá, com mais de 1.500 quartos. O centro fitness fica na cobertura, com piscina interna e terraço, proporcionando uma das melhores vistas.

  • Courtyard Toronto Downtown

Parte da rede Marriott e com localização privilegiada, facilita o acesso a restaurantes e pontos turísticos como CN Tower e o St. George Campus da Universidade de Toronto. 

  • Sonder The Wellesley

Um dos últimos edifícios de estilo vitoriano entre os arranha-céus que dominaram o entorno. Os quartos são modernos, mas mantêm, ao mesmo tempo, o estilo clássico e rústico.

Restaurantes em Toronto para experimentar

  • Eataly

A rede segue o mesmo estilo dos demais países, dividindo o espaço com diferentes estabelecimentos. Dá para comprar aqueles produtos exclusivos que você só encontra no Eataly.

  • Salad King

Se preferir manter a dieta em Toronto, o cardápio irá agradar com suas saladas e comidas naturais que enchem os olhos e têm preços convidativos. Um detalhe é que alguns pratos seguem a culinária tailandesa e a pimenta está sempre presente. O restaurante fica próximo à Yonge Street.  

  • Archeo

O restaurante fica um pouco distante da área da parada, localizado em Distillery District. A cozinha italiana é o foco do cardápio que agrada todos os tipos de paladar. O espaço era uma antiga carpintaria do século XIX.

Tel Aviv (Israel)

A Tel Aviv Pride Parade, cada vez mais, ganha espaço entre os destinos que celebram o Dia do Orgulho LGBTQIA+

Uma parada que começa no Sportech Center e termina na praia, com uma festa na sequência: esse é o conceito da Tel Aviv Pride Parade, que, cada vez mais, tem aumentado o interesse da comunidade LGBTQIA+.

O destino tem se tornado uma das localidades mais friendly para o público, sendo considerada a Capital Gay do Oriente Médio. Em Israel, é proibido qualquer discriminação por orientação sexual.

Entre os dias 8 e 12 de junho, além da marcha, diversos eventos aconteceram pelo calendário oficial, inclusive festas que têm fama mundial no cenário. Cerca de 170 mil pessoas compareceram para mostrar seu orgulho na sexta, 10. 

Tel Aviv tem uma localização que permite passeios incríveis, como Jerusalém, Mar Morto e um bate e volta em Petra, na Jordânia. Separe uns dias para caminhar pela cidade, que tem um espírito moderno.

Onde se hospedar em Tel Aviv

  • Hilton Tel Aviv

Na Praia Hilton, que ganhou o nome pela importância do hotel, há quartos com vista para o Mar Mediterrâneo e você fica a poucos metros da areia. Oferece cinco variedades de refeições e piscina externa de água salgada.

  • Alexander Hotel

Uma das opções que oferecem tarifas especiais para o período da Tel Aviv Pride. A área é privilegiada, com a Praia de Metzitzim e o Porto de Tel Aviv ao lado. O centro de bem-estar e o spa são completos. 

  • INTA Hotel

É o primeiro Urban Gay Hotel de Tel Aviv, ambientado em uma construção dos anos 1920.  Opção para quem quer ficar ligado em toda a programação LGBTQIA+ de Tel Aviv.

Restaurantes em Tel Aviv para experimentar

  • OCD Restaurant

Traz uma proposta diferente, com um menu fixo e que só é revelado na hora que todos vão começar a refeição. Caso tenha alguma restrição, basta informar aos atendentes durante a reserva. São pouquíssimos lugares. 

  • HaBasta

Junto com OCD, seu cardápio faz parte da lista dos 50 Melhores Restaurantes do Médio Oriente. Junto ao espaço está um mercado que influencia o menu – que varia diariamente, de acordo com os ingredientes disponíveis. O forte são pratos à base de frutos do mar. 

  • Abu Hassan

Um dos restaurantes mais antigos da cidade e com um homus inigualável. São três unidades que oferecem uma opção de refeição rápida e com todos os sabores do Oriente Médio.

Dia do Orgulho LGBTQIA+ é para celebrar!

Na sua próxima programação para um desses destinos, conte com a Nomad para fazer a sua viagem mais prática e segura. Você adiciona saldo em dólar na conta global e faz pagamentos com cartão físico ou virtual. Tudo rápido, 100% digital e com mais economia para as suas transações globais. 

Seja em Madri, São Paulo, Tel Aviv ou Toronto, o Dia do Orgulho LGBTQIA+ é uma data para lembrar as conquistas que foram feitas ao longo dos anos e também lembrar que a luta por igualdade é constante!


CONHEÇA NOSSAS MÍDIAS SOCIAIS


© 2022 NOMAD. TODOS OS DIREITOS RESERVADOS.

Juntos com a Nomad

Drive Wealth logo ourinvest logo fram capital