Postado em 26 de maio, por NOMAD

Investimentos

Independência financeira: como conquistá-la investindo?

Conquistar a independência financeira é com certeza um dos principais motivos para as pessoas iniciarem a sua jornada no mundo dos investimentos.

Isso porque alcançar a independência financeira não é simplesmente tentar ficar rico no curto prazo. Na realidade, é proporcionar uma segurança financeira principalmente para os momentos em que você não quiser ou não puder mais trabalhar.

Neste artigo, vamos mostrar como você pode conquistar sua independência financeira por meio dos investimentos e, assim, garantir uma aposentadoria com mais tranquilidade. 

O que é independência financeira?

Antes de tudo, é importante tentar explicar ou, pelo menos, contextualizar o que é independência financeira. Isto porque, o significado de independência financeira pode variar para cada pessoa: para uns pode ser ter dinheiro para comprar um imóvel, enquanto para outros pode ser poder viajar pelo mundo.  

No entanto, para maioria das pessoas o significado comum é ter dinheiro o suficiente para não precisar mais trabalhar ou até mesmo ter tempo livre para atividades de lazer, hobbies e viagens, entre outras coisas.

Mas, com certeza, o mais importante da independência financeira é a manutenção ou até a melhora na qualidade de vida das pessoas que alcançam esse tão desejado objetivo. 

Como alcançar a independência financeira?

O primeiro e talvez um dos mais importantes passos para conquistar a independência financeira é se perguntar quanto eu preciso ou pretendo ter de renda caso decida parar de trabalhar? 

Em outras palavras, qual o valor que você precisa para poder se aposentar e ainda manter o seu padrão de vida atual.

Para tentar entender o quanto é necessário para viver de renda, um dos exemplos mais comuns é: se você gostaria de receber um valor aproximado de R$ 3.000 por mês, você deve, então, ter cerca de R$ 1 milhão alocados em investimentos conservadores e de baixo risco, por exemplo; que podem lhe proporcionar uma rentabilidade média de 0,3% ao mês.

Esse valor de investimento pode parecer muito alto em um primeiro momento, mas vale lembrar que ele deve ser acumulado dos anos. Isso, por meio de aportes periódicos e consistentes, e com o auxílio poderoso dos juros compostos e da rentabilidade dos seus ativos;que vão potencializar todo o seu esforço de poupança.

Além de estabelecer o patamar de renda ideal para sua independência financeira, é essencial ter o planejamento financeiro e controle das despesas pessoais em dia. Só assim é possível começar a investir de forma consistente.

Isso sem contar que é importante, também, garantir a sua reserva de emergência: aquele valor que vai te dar segurança se algum imprevisto ocorrer na vida financeira. Esse montante também vai ajudar a garantir que os seus objetivos de longo prazo – como alcançar a independência financeira – não sejam afetados.

Passo-a-passo para independência financeira 

Defina metas

Depois de traçar o seu objetivo com a independência financeira, definindo o valor que será necessário para atingi-la, é preciso criar o caminho até ele. 

Evite criar metas mirabolantes ou inalcançáveis, que já te desanimam no momento da largada. E tenha em mente as seguintes dicas: 

  • seja realista com seus objetivos
  • crie metas de curto, médio e longo prazo

Comece a investir

Com as suas metas estabelecidas, o próximo passo é começar a investir. Isto é, definir aportes periódicos e consistentes para começar a formar o patrimônio que vai garantir a sua independência financeira no futuro.

A primeira tarefa nesse passo é descobrir o seu perfil de investidor, e com isso, quais são os produtos de investimento mais adequados para o seu momento; sem esquecer de considerar os seus objetivos.

Além disso, para alcançar a independência financeira investindo é importante que você otimize a rentabilidade dos seus aportes. Para isso, é essencial que você construa uma carteira de investimentos diversificada e adequada ao nível de risco que você pode assumir.

Mantenha o controle das suas finanças 

Essa velha máxima popular também vale para os investimentos. É muito comum ver as pessoas começarem a investir, realizarem alguns poucos aportes e, logo em seguida, resgatarem o valor ou simplesmente pararem de investir.

Lógico que imprevistos acontecem, mas é importante manter o controle das suas finanças em dia. A independência financeira só vai ser alcançada com muita consistência e comprometimento nos aportes periódicos. 

Por isso, caso não tenha sua reserva financeira para imprevistos, primeiro foque em poupar dinheiro para esta finalidade e, depois, passe a buscar os objetivos de longo prazo.

Por fim, vale ficar de olho nos seus gastos, principalmente naquelas despesas fixas, fazer um bom planejamento financeiro todos os anos e tentar manter as finanças em dia para que sua jornada rumo à independência financeira seja a mais tranquila possível.


CONHEÇA NOSSAS MÍDIAS SOCIAIS


© 2022 NOMAD. TODOS OS DIREITOS RESERVADOS.

Juntos com a Nomad

Drive Wealth logo ourinvest logo fram capital