Postado em 21 de junho, por NOMAD

Nomad

PCR para viagem internacional: esse e outros cuidados ao sair do país pós-pandemia

Com a melhora dos indicadores de contágio do coronavírus no Brasil e no mundo, a vida está voltando ao normal. Apesar de o estado de pandemia mundial ainda ser mantido pela OMS, os índices vêm baixando devido à vacinação e, com isso, a flexibilização das medidas sanitárias está cada vez maior – o que gera algumas dúvidas como se há necessidade de teste PCR para viagem internacional, ciclo completo de vacinação ou quarentena.

Já é possível frequentar eventos, bares, restaurantes, lojas e outros estabelecimentos que, antes, eram muito restritos. Da mesma forma, as viagens foram facilitadas com a abertura de fronteiras em todo o mundo, mas os cuidados devem ser mantidos – e um deles é a apresentação do teste PCR para viagem internacional.

Como a Covid 19 impactou as viagens internacionais

Um levantamento da Organização Mundial do Turismo (OMT) feito em 2021 mostrou que a recuperação do setor é lenta e que o fluxo de turismo no ano foi  75% menor que em 2019. Os dados foram divulgados pela ONU News, portal de notícias da Organização das Nações Unidas. 

Ainda, segundo a OMT, o turismo mundial perdeu US$ 2 trilhões devido à pandemia só em 2021. Mas para 2022, as perspectivas são mais positivas.

O avanço da vacinação no Brasil e no mundo tem garantido o retorno da normalidade, de forma que o setor deve se recuperar. Segundo a pesquisa “Turismo pós-pandemia” realizada pela Globo, 43% dos brasileiros pretendem viajar até o fim do primeiro semestre de 2022.

No entanto, é preciso manter os cuidados, especialmente para viagens internacionais porque, apesar de muitos países terem aberto suas fronteiras, as regras impostas para passar pela imigração permanecem rígidas. Um dos principais cuidados consiste em apresentar um teste PCR com resultado negativo.

Teste PCR para viagem internacional: por quê?

Para garantir a segurança de todos e evitar novas variantes, os países são rigorosos com os requisitos tanto de vacinação quanto de testagem. O viajante que não apresentar os comprovantes será impedido de embarcar, ou mandado de volta ao país de origem. No entanto, cada país tem a sua regra e é necessário consultá-las previamente nos portais dos consulados ou com a empresa aérea. 

Abaixo, veja algumas regras sobre teste PCR para viagem internacional:

  • No Chile e na Colômbia, deve ser apresentado o teste PCR negativo feito até 72 horas antes do embarque.
  • Para viajar para a Espanha, a vacinação deve estar completa e, em caso de viagem excepcionais deve ser apresentado o teste PCR, feito em até 72 horas antes do embarque
  • Os Estados Unidos exigem a vacinação completa e os maiores de 2 anos devem apresentar o teste PCR ou antígeno em até 24 horas antes da viagem, independente do resultado positivo ou negativo.

Esses exemplos mostram como a exigência de teste PCR para viagem internacional varia de acordo com cada nação. Além disso, as regras mudam constantemente, por isso é importante estar atualizado quando for viajar para o exterior.

Outras exigências para viajar

O teste PCR para viajar ao exterior, não é a única exigência feita. Os documentos devem estar em ordem, a vacinação em dia e, em alguns casos, deve ser feita quarentena. Antes de fazer sua viagem internacional, prepare um checklist com os pontos essenciais de qualquer viagem e pesquise qual a regulamentação no caso do seu destino.

Vacina

Assim como o teste, os requisitos de vacinação variam de um lugar para o outro. Se o PCR para viagem internacional já tem muitas diferenças quanto ao tempo e necessidade de resultado positivo ou negativo, com a vacina as diferenças são outras.

Existem tipos diferentes de vacina sendo aplicadas no Brasil, e alguns países não aceitam todas elas. Nesse caso, de acordo com o Ministério da Saúde, os brasileiros que receberam um imunizante que não é aceito pelos órgãos regulatórios do país de destino, podem receber uma dose adicional de um tipo que seja aceito, basta procurar um posto de saúde. 

No entanto, o ministério ressalta que os métodos de comprovação da viagem são definidos pelas gestões de estados e municípios.

Quarentena para viagens internacionais

Embora seja a medida menos utilizada hoje em dia, a quarentena obrigatória ainda existe em alguns países. 

  • Na Irlanda, desde o dia 6 de março, não é obrigatório apresentar um teste PCR para viagem internacional, nem mesmo comprovante de vacinação. No entanto, é exigida quarentena nesses casos.
  • A Turquia não exige quarentena desde que o viajante esteja com o ciclo vacinal completo, mas exige o teste PCR negativo.

Mais uma vez, a regra varia dependendo para onde se está viajando. Consulte com antecedência a necessidade de quarentena pelos portais de consulados ou companhias aéreas.

Documentos necessários para viajar 

Se você está com seu PCR para viagem internacional em mãos, e já conferiu os requisitos do país que vai visitar, é hora de pensar nos documentos, e vamos direto ao principal deles: o passaporte. Ele é pré-requisito para a sua entrada na maioria dos países. 

Você pode solicitar a emissão do seu através do site da Polícia Federal. Depois de preencher um cadastro, é necessário efetuar o pagamento da taxa e agendar a retirada do documento. 

Alguns outros documentos podem ser solicitados para quem vai fazer viagem internacional. 

  • passagens de voo de volta
  • extrato bancário
  • carteira de motorista
  • reservas de hotel
  • seguro viagem
  • comprovante de vacinas

Certifique-se com antecedência se o seu destino exige esses outros documentos para não passar apuros.

Não se esqueça do visto

Além do passaporte, muitos países exigem um visto para o turista, como os Estados Unidos. Recomendamos que você inicie o processo de emissão do visto o mais cedo possível, pois costuma ser mais demorado.

Em relação ao visto americano, a Embaixada e os Consulados dos EUA no Brasil fazem os agendamentos para o processamento do documento através do site.

Lembrando que tanto o visto, quanto o passaporte são de extrema importância para qualquer viajante, já que são uma autorização oficial que um país concede a um estrangeiro para que ele fique no local por um determinado período. Tire o seu antecipadamente, e se já tiver um, confira a validade dele.

Como viajar com segurança

Feito o checklist, malas prontas, e teste PCR devidamente checado, é hora de partir pro aeroporto, certo? Calma! Sua viagem vai ser muito mais tranquila e segura se você ainda tomar mais alguns cuidados. Fazer uma viagem internacional requer, também, planejamento financeiro. 

Planejamento financeiro

Viajando para fora do país é impossível não trazer algumas lembranças, as compras em lojas internacionais são um atrativo para qualquer turista. Para fazer as melhores escolhas, é preciso ter um planejamento financeiro que conte com essas despesas, e outras, até mesmo emergenciais, como:

  • seguro viagem
  • despacho de bagagens
  • excesso de bagagens na volta
  • impostos na alfândega

Coloque tudo na ponta do lápis e você poderá partir para sua viagem livre de preocupações. Na hora de pagar as contas, ter uma conta em dólar vai facilitar muito. Com uma conta em débito você não vai precisar carregar papel-moeda e se livrar das taxas do cartão de crédito.

Conta em débito Nomad

O dólar é a moeda universal e é um dos assuntos importantes para quem está planejando uma viagem internacional. Com a conta em débito da Nomad, você economiza no câmbio da moeda e poupa dinheiro, pois vai usar a cotação do dólar comercial, mais baixa que o dólar turismo.

Com a conta em débito você consegue fazer remessas, compras, transferências, investimentos e saques em dólar. Na Nomad, essas transações podem ser feitas através de uma única plataforma, 100% digital e gratuita. As taxas cobradas são muito mais baixas que as convencionais:

  • IOF de 1,1% 
  • spread (taxa de serviço) de até 2%. 

Valor reserva para emergências

Seja qual for o motivo da sua viagem, trabalho, turismo, estudos ou qualquer outro, esteja preparado para eventuais emergências. É de suma importância estar ciente que elas podem acontecer, sobretudo com as exigências feitas nos aeroportos quanto à contenção da pandemia. 

Ter uma reserva para emergências vai evitar dificuldades e te garantir tranquilidade e segurança durante a viagem. Com a conta Nomad, você pode guardar a sua reserva, e ainda pode escolher entre utilizar o cartão digital ou físico, o que torna as suas transações ainda mais práticas e seguras.
Agora sim! As exigências sanitárias, como o teste PCR para viagem internacional, já foram conferidas, a mala está feita, e os cuidados financeiros foram tomados. É hora de partir para o aeroporto e aproveitar a merecida viagem.


CONHEÇA NOSSAS MÍDIAS SOCIAIS


© 2022 NOMAD. TODOS OS DIREITOS RESERVADOS.

Juntos com a Nomad

Drive Wealth logo ourinvest logo fram capital