Postado em 26 de novembro, por NOMAD

Viagens

Tipos de turismo: qual atende melhor ao seu perfil?

Você sabia que existem vários tipos de turismo? Embora as viagens de férias e os passeios mais curtos sejam os mais conhecidos, ainda há outras opções de viagens enquadradas como turismo que, provavelmente, você não conhece. 

Então, quais são os tipos de turismo e o que muda na viagem segundo as definições de cada um deles? Para ajudar você com essa questão e outras informações importantes, preparamos um conteúdo exclusivo sobre o tema. Confira, a seguir. 

O conceito de turismo

Apesar de ser muito associado às viagens de lazer, o turismo é um conceito definido por pessoas que se deslocam para outras regiões, mantendo-se nos destinos por um período inferior a um ano. 

Sendo assim, um turista pode ser tanto alguém aproveitando o período de férias quanto um empresário que visita o exterior a trabalho. Então, se esse é o conceito da palavra, o que significam “vários tipos de turismo”?

Antes de entender como os tipos de turismo são divididos, é preciso ter em mente que a prática é sinônimo de ganhos financeiros, culturais e sociais para a população: tanto a que visita novas regiões quanto a que recebe os viajantes. 

No ponto que envolve a economia, o turismo é considerado uma prestação de serviço (terciário). Financeiramente, cada um dos tipos de turismo impacta de forma diferente a área que recebe os visitantes. Levando isso em consideração, é comum que os pontos turísticos explorem o principal interesse dos viajantes. 

Por exemplo: em grandes centros urbanos, como São Paulo e Rio de Janeiro, é comum que o turismo de negócio seja mais explorado, uma vez que é usual que empresas maiores se encontrem nessas regiões, atraindo executivos e afins. 

Por outro lado, Miami e Orlando são cidades muito buscadas por aqueles que desejam fazer compras, o que faz com que o turismo de consumo seja mais explorado por lá. Essas características movimentam a economia de uma forma diferente para cada uma das necessidades.

Tipos de turismo

Agora que você já sabe como cada uma das práticas pode atingir a região visitada, é válido conhecer alguns tipos de turismo para, inclusive, planejar-se melhor para sua próxima visita. 

Turismo de consumo

O turismo de consumo é aquele voltado para as compras. A aquisição de roupas, sapatos, eletrônicos e afins é o fator primordial para os viajantes adeptos dessa modalidade. 

Uma vez que as compras são o objetivo dos turistas, as regiões que mais recebem esses visitantes exploram promoções, outlets e demais formas de queima de estoque. Cidades da Europa, como a França, são exemplos de locais que exploram esse tipo de turismo. 

Nessa categoria, o ideal é que o viajante se programe financeiramente para as compras, especialmente tratando-se de destinos internacionais. Assim, é importante garantir as principais formas de pagamento aceitas, comprar a moeda local com antecedência, pesquisar os melhores valores e separar a quantia a ser gasta com as compras. 

Turismo de negócios

Outro tipo de turismo muito conhecido e praticado é o de negócios. Ele acontece quando há a necessidade de negociações, assinaturas de contrato, eventos da empresa e tudo aquilo que envolve o universo corporativo. 

Por isso, grandes metrópoles são escolhidas para receber esses turistas. Esse é o caso das regiões que costumam investir em hotéis, transportes e localizações privilegiadas, com hospedagens próximas a aeroportos e rodovias. 

Nova Iorque, Berlim e Tóquio são algumas das cidades mais famosas por investir nesse tipo de turismo, de modo geral. Porém, algumas regiões específicas, como o Vale do Silício (Califórnia), também costumam ser visitadas por quem trabalha com um determinado nicho, sem necessariamente haver um evento corporativo. 

Nesse caso, os profissionais buscam atualizações e outras informações que contribuam para o desenvolvimento na área de atuação. Ainda assim, esse tipo de viagem não deixa de se enquadrar no turismo de negócios. 

Turismo gastronômico

Aromas e sabores são elementos capazes de marcar nossa memória, e o turismo gastronômico não poderia ficar de fora dessa lista. Afinal, nada melhor do que saborear um prato típico de alguma região, como uma moqueca na Bahia ou uma pizza na Itália.

Alguns países, como o próprio Brasil, são conhecidos mundialmente pela culinária rica em sabor e história. Além de atraírem diversos turistas, essas regiões costumam ter muitos restaurantes especializados na culinária local ou em um prato específico. 

Turismo religioso

Para quem está em busca de autoconhecimento e deseja alimentar a fé, o turismo religioso é a escolha ideal. Desde o Vaticano e Israel até Tibet e Japão: são várias as formas de conectar-se com o divino em locais que proporcionam histórias e experiências voltadas para a espiritualidade, independentemente da religião.  

Alguns países chegaram a criar rotas religiosas específicas, interligando destinos muito visitados pelos turistas. Exemplos disso são o Caminho Religioso da Estrada Real, que interliga o santuário de Piedade, em Minas Gerais, ao Santuário de Aparecida, em São Paulo, e o Caminho de Santiago de Compostela, que interliga a França e a Espanha. 

Turismo de massa

Diferentemente dos tipos mencionados até agora, o turismo de massa não tem um objetivo específico. Isso porque ele está relacionado ao número de pessoas que visitam a região e não, necessariamente, à razão de cada um dos indivíduos para visitar o local. 

É possível reunir um grupo de pessoas que desejam viajar ao Peru, por exemplo. Mas, enquanto algumas praticarão o turismo cultural ao visitar Machu-Picchu, outras adotarão o gastronômico, experimentando pratos típicos como o ceviche. 

Planeje-se para suas viagens!

Conhecendo alguns dos tipos de turismo fica mais fácil de se organizar para aproveitar o passeio ao máximo, não é mesmo? Para mais conteúdos como este, não deixe de acompanhar nossas publicações!


CONHEÇA NOSSAS MÍDIAS SOCIAIS


© 2022 NOMAD. TODOS OS DIREITOS RESERVADOS.

Juntos com a Nomad

Drive Wealth logo ourinvest logo fram capital